TÚNEL DO TEMPO DO POKER

O dia em que Vanessa Rousso calou o falastrão Tony G

"Se você ganhar a mão você vai me calar...", disse o lituano e Vanessa tomou o desafio como uma missão pessoal.

Tony G é notoriamente um falastrão do poker mundial. Há quem diga, inclusive, que o lituano é mais famoso por suas bravatas do que pelo jogo em si.

O astro não costuma levar desaforo e nunca se cala. Ou quase nunca. A exceção à regra se deu dois anos atrás diante de outra estrela das cartas: a américana Vanessa Rousso . Quando? Durante o Big Game do PokerStars . E é desta mão que tratamos em mais uma nota do Túnel do Tempo do Poker.

O pote em questão é bastante ‘sick’. Na guerra de blinds, Vanessa, hoje aposentada do poker e se dedicando à atividade de DJ, fleta seu par de ases (A A), contra 6 5, mas se vê as coisas ficarem favoráveis ao rival no flop 6 J 5.

O pote cresce e a sorte volta a sorrir para Vanessa depois do A no turn. Apesar da trinca, a americana apenas paga a aposta do rival.

No river, um 5, que faz toda a diferença. Agora os dois tem full house e a americana não teme mais um flush.

Neste momento, começa a jogo mental de Tony G. Acreditanto ter a maior mão, o lituano induz a rival a ir all-in. «Vamos lá Vanessa, me cale, você consegue. Vamos lá, vá all-in se tem coragem».

A americana aceita o convite, vai all-in, é paga pelo lituano, consegue um pote enorme e, de quebra, deixa o rival com cara de quem comeu e não gostou. Às vezes é bom esconder seu par de ases.

 

¿Quieres enterarte primero de todo lo que sucede en el mundo del poker? CodigoPoker te brinda la mejor información minuto a minuto en tu social media. Síguenos en Facebook, Twitter, Youtube y Google

NOTICIAS MÁS LEIDAS Presentadas por